domingo, 5 de setembro de 2010

Dia 04/09 Show do Vulcano





Os Portais do Inferno se abriram em Manaus.

Na noite de 04 de setembro do ano corrente, os portais do inferno se abriram em Manaus. De dentro deles eis que surge a banda Vulcano. Pioneira no black/death-metal brasileiro, o grupo tocou pela primeira vez no “green hell” em seus quase 30 anos de existência. O pré show ficou (respectivamente) por conta das bandas locais “Extremamente Tosco” (que substituiu a programada “Dark Serenity”), “Evil Syndicate” e “Infection” que exerceram o serviço de aquecimento do público com a destreza de profissionais em ascensão. Rugem as enferrujadas dobradiças dos portões infernais e sobe ao palco o Vulcano. Dentre clássicos a músicas novas, umas cantadas em português outras em inglês, cada uma saia na fluência e na competência de quem discorre seu trabalho com a tranqüilidade que só experientes de décadas possuem. A casa não estava lotada, mas o público (cerca de 600 pessoas) fez jus à hospitalidade manauara e faminta do estilo, vez ou outra aclamando em coro o nome da banda nos intervalos entre as músicas e fazendo grande diferença pra chamada desta de volta ao palco no bis. O carisma dos caras é simplesmente cativante. Estiveram quase que constantemente misturados ao público e o fato de não terem trazido roadies, fez com que eles mesmo estivessem à frente do stand de souvenirs. Destaca-se aqui o exemplo de Zhema Rodero, guitarrista e único membro remanescente da formação original, que apesar da idade avançada, não se cansou de tirar fotos ou prestar autógrafos e até mesmo de conversar com quem quisesse. O “figura” é a humildade em pessoa e demonstrou estar a vontade, apesar de ser praticamente uma lenda viva do metal brasileiro. Enfim, uma noite que saciou os manauaras amantes da música pesada. Vale frisar a excelente estratégia da produtora organizadora “Fuck Off Produções” em vender lotes de ingressos antecipados com uma boa diferença de preço. No primeiro lote, o ingresso custava a significante diferença de 100% do preço no dia do evento. Grandes idéias como esta só fortalece a produtora (que garante a promoção do evento ajudando em seus custos iniciais), favorece o público (que tem acesso a um preço popular) e confirma a vinda dos músicos (toda banda precisa do “sinal” de 40 a 50% do cachê antecipadamente pra realizar o show). Parabéns, garotos! Que essa seja apenas a primeira de uma série de empreitadas de sucesso.




5 comentários:

Tormenta6 disse...

Manaus foi foda mesmo!!!

Adoramos tocar ai, esperamos retornar em breve!!!


Diaz & Vulcano

naldo disse...

Simplesmente memorável.

anthonynelson disse...

agradeço a equipe do programa por ter feito uma cobertura a altura da banda Vulcano, só lamentamos não termos dado a devido atenção a vocês, mas vamos melhorar nesse aspecto, prometemos... ainda somos uns pobres headbangers tentando manter a cena ativa!!!
Thony sacrifice & Fuck OFF.!. Produções

Mário Orestes Silva disse...

Valeu, amigos da Fuck Off. Podem acreditar que foi um prazer enorme realizar essa divulgação e podem ter certeza que estaremos divulgando tudo o que vocês estão fazendo, pois sabemos que é feito com amor à causa.
Diaz, foi uma honra. Esperamos que voltem à Manaus.
Abraços a todos.

roger disse...

foi do caralho mesmo o show....

Postar um comentário